Newsroom

In Flight Solutions SA concluiu com sucesso uma avaliação independente dos seus sistemas de qualidade e gestão por parte da SGS ICS, uma empresa de certificação internacionalmente reconhecida.

Lisboa, (31 de Março de 2014) – Após uma extensa avaliação, a In Flight Solutions SA anuncia que concluiu com sucesso o último degrau da certificação ISO 9001:2008.

O sistema de auditoria cobre todos os aspetos da sua atividade relacionada com: Prestação de Serviços de Assistência em Escala (Assistência a Passageiros, Acondicionamento da Cabina com Equipamentos de Cabina e o Armazenamento dos mesmos); Manutenção de Equipamentos de Avião (ULDs e Trolleys) e Manutenção de Equipamento de Terra; e Formação Profissional.

O foco na qualidade na In Flight Solutions vem de cima para baixo; A gestão baseia-se na busca constante de iniciativas que promovam o fator qualidade em todos os aspetos do negócio, sendo isto tão mais importante quando opera num setor, já por si orientado para a qualidade, como o transporte aéreo.

Alcançar a Certificação ISO 9001:2008 é exigente. Cada individuo, nas suas ações, tem que estar permanentemente dedicado à busca da qualidade. Ao escrutinar a nossa organização a todos os níveis, asseguramos aos nossos clientes que estamos empenhados em garantir-lhes um serviço de qualidade superior.

Desde a sua origem a 18 de Março de 2003 que a In Flight Solutions tem sido reconhecida por ser pioneira na forma como busca garantir a melhor qualidade ao melhor preço aos seus clientes. Como consequência, a In Flight Solutions tornou-se num parceiro estratégico no campo da prestação de serviços no setor de transporte aéreo.

“Os clientes querem estar seguros que a empresa com quem fazem negócio pode satisfazer ou mesmo exceder as suas necessidades a tempo”, disse Bernardo Fonseca, Presidente e CEO na In Flight Solutions.  “Concluir com sucesso o rigoroso processo de Certificação ISO 9001:2008 é um sinal claro do nosso comprometimento com a prestação de serviços de qualidade superior e a satisfação do cliente.”